A BYD fez o lançamento oficial da produção do Song Plus DM-i em sua fábrica no Uzbequistão, o primeiro veículo da marca a sair dessa instalação. O anúncio foi feito durante uma visita do presidente do Uzbequistão, Shavkat Mirziyoyev, à sede da BYD em Shenzhen, na China. 

Segundo relatado pelo CarNewsChina, a visita do chefe de estado uzbeque à sede da BYD foi parte de um envolvimento mais amplo com empresas chinesas. O Fórum de Investimentos Uzbequistão-China, realizado em 25 de janeiro em Shenzhen, reuniu representantes políticos e empresariais dos dois países. O fórum concentrou-se no aprimoramento das relações econômicas e comerciais bilaterais e na expansão dos investimentos mútuos. 

BYd uzbequistão

Na verdade, o acordo para produzir veículos elétricos e híbridos no Uzbequistão foi assinado em setembro do ano passado entre o Ministério do Investimento, Indústria e Comércio do Uzbequistão e a BYD. A BYD e a Uzavtosanoat JSC, um grupo automotivo controlado pelo Estado no Uzbequistão, estabeleceram a joint venture "BYD Uzbekistan Factory".

BYD Dolphin vs. GWM Ora 03 Skin

O início de produção no Uzbequistão é apenas uma parte de uma ambiciosa estratégia de expansão global da BYD. Vale destacar que há poucos dias a montadora chinesa anunciou um investimento de US$ 1,3 bilhão para produzir três modelos de veículos elétricos a bateria na Indonésia, em uma fábrica com capacidade para produzir 150.000 unidades por ano.

Galeria: BYD Song Plus reestilizado

Enquanto isso, a gigante chinesa já produz carros elétricos na Tailândia, onde se tornou a número um em vendas de veículos elétricos e mantém conversas avançadas para concluir o projeto de sua fábrica na Hungria, que será a primeira da empresa na Europa. Por fim, a empresa também estuda a produção de modelos elétricos no México, um movimento que ainda não está tão avançado quanto no leste europeu.

BYD Dolphin Mini - traseira

No Brasil, espera-se que a BYD comece a produzir os modelos Dolphin, Song Plus e Yuan Plus a partir do início de 2025. Por aqui, a empresa investiu R$ 3 bilhões para consolidar um complexo de produção de carros elétricos e híbridos plug-in, ônibus e caminhões elétricos e linha de montagem de baterias de lítio.

Fonte:CarNewsChina