A Tata pretende entrar pra valer no mercado global de carros elétricos. Para isso, a montadora indiana está apresentando sua nova plataforma para veículos com emissão zero. Chama-se acti.ev (tudo em minúsculas), pode acomodar um ou dois motores e modelos com tração dianteira, integral ou traseira. E o primeiro da linha é o Tata Punch, um SUV compacto com preço equivalente a R$ 65 mil. 

Pode se aventurar na lama

O design do SUV compacto foi concebido em vários estúdios de design localizados na Índia, no Reino Unido e na Itália. Com apenas 3,83 metros de comprimento, o Punch é menor que um Citroën C3 e promete um desempenho off-roadinteressante.

É claro que não estamos falando de um verdadeiro carro off-road, como o Land Rover Defender ou o Jeep Wrangler, mas os números são respeitáveis considerando o segmento e a proposta de preço baixo.

Galeria: Tata Punch.ev 2024

O Tata tem uma distância do solo de 19 cm, um ângulo de aproximação de 20,3° e um ângulo de saída de 37,6° (o mesmo que um Wrangler). Além disso, ele pode enfrentar cursos de água de até 37 cm de profundidade.

Bem equipado

As três versões do Tata oferecem um compartimento de passageiros aprovado para cinco pessoas e um porta-malas com capacidade de pelo menos 366 litros (um pouco maior do que o Suzuki Ignis, que tem 360 litros).

O nível de equipamentos das versões mais caras é bastante completo e inclui faróis de LED, "clima" automático, controle de cruzeiro, câmera de visão traseira, um painel de instrumentos digital de 7" e um sistema de informação e entretenimento Harman com tela de 7" e compatibilidade com Apple CarPlay e Android Auto.

Tata Punch.ev

Ele pode ser encomendado em quatro configurações diferentes e com duas opções de wallbox AC diferentes para uso doméstico, a primeira "base" com 3,2 kW e a segunda opcional com 7,2 kW. O Punch.ev, assim como a nova plataforma acti.ev, é compatível com carregadores rápidos DC de até 150 kW.

Em termos de especificações de motor e bateria, o modelo padrão é equipado com um motor síncrono de ímã permanente com 81 cv (60 kW) de potência e 114 Nm de torque e uma bateria de 25 kWh, enquanto a versão Long Range é equipada com um motor síncrono de ímã permanente com 120 cv (90 kW) de potência, 190 Nm de torque e uma bateria maior de 35 kWh.

Embora a Tata não tenha divulgado muitas fotos do novo Punch.ev, uma olhada na lista de opcionais revela alguns recursos interessantes. Estes incluem um teto solar de vidro, um poderoso sistema de som, faróis full-LED, um sistema de informação e entretenimento de 17,78 polegadas desenvolvido pela Harmann e muito mais.

Por falar em segurança, o Punch.ev também é equipado com uma série de sistemas de assistência à condução e estacionamento, como câmeras de 360 graus, alerta de ponto cego e, finalmente, seis airbags para todos os passageiros.