A GM tem uma estratégia global de transição energética bastante agressiva. Ainda não vimos muito disso por aqui, mas a montadora começou a fazer movimentos importantes, tanto em termos de lançamentos, como de planos para acelerar a chegada de novos carros elétricos, o que inclui o anúncio de que a estrutura de engenharia do Brasil passará a colaborar no desenvolvimento dos VEs da marca.

Dentro do plano de vender somente veículos elétricos a partir de 2035, apoiado por um investimento que terá US$ 35 bilhões apenas para o desenvolvimento de uma nova geração de VEs até 2025, a GM deixou claro a importância da América Latina e, sobretudo do Brasil,  no futuro da mobilidade elétrica para a empresa. 

gm desenvolvimento carros eletricos Blazer EV no Brasil (2)

Em encontro com jornalistas, Santiago Chamorro, presidente da GM América do Sul, destacou que a operação da GM no Brasil possui uma ampla estrutura, incluindo o Campo de Provas e o Centro Tecnológico, que já está sendo utilizado para testar os futuros veículos elétricos globais da empresa, inclusive, colaborando com a matriz nos Estados Unidos.

O campo de provas da GM fica em Indaiatuba (SP), dentro de uma área que possui 7 laboratórios e 17 pistas de testes, enquanto o Centro Tecnológico fica em São Caetano do Sul (SP), dando suporte na área de pesquisa e desenvolvimento. 

gm desenvolvimento carros eletricos Blazer EV no Brasil (3)

A ideia é acelerar a chegada dos próximos carros elétricos ao Brasil (Chevrolet Blazer EV e Equinox EV), sem muito atraso em relação aos principais mercados, o que é uma boa notícia. Essa colaboração envolve temas relacionados à eficiência energética, conectividade, bem como testes de certificação e homologação para a adaptação desses veículos aos diferentes mercados. 

"Estamos neste momento trabalhando em ritmo acelerado e a primeira etapa comtempla três diferentes projetos globais de veículos zero emissão, todos da marca Chevrolet, que primeiro serão lançados no mercado norte-americano", revela Chamorro. 

Em resumo, a ideia central da GM é desenvolver veículos elétricos com proposta global, incorporando as devidas adaptações a cada mercado, mas ampliando o público que tem acesso a veículos elétricos para ganhos de escala. 

Galeria: Chevrolet Blazer EV

Atualmente, o único carro elétrico da empresa à venda no Brasil é o Chevrolet Bolt EV, lançado por aqui em 2019. Nos próximos dias será a vez da estreia do Bolt EUV, que foi mostrado ao público durante o festival Lollapalooza.

Já confirmados, os próximos carros elétricos da GM a desembarcarem no Brasil serão os modelos Blazer EVeEquinox EV, o que representará o início da nova geração de VEs da empresa em nosso mercado. 

Segundo a fala da empresa, a ideia é oferecer por aqui uma linha de veículos elétricos alinhada com a gama global, o que significa que existe abertura para a chegada de novos modelos baseados na plataforma dedicada Ultium. 

Além disso, confirma o potencial do Brasil, pelo tamanho do seu mercado automotivo, sua capacidade de engenharia, parque industrial avançado e oferta de matérias-primas para baterias, de se transformar num polo de mobilidade elétrica no futuro.