20bet

20bet - Tesla Model 2 permitirá reduzir em 50% os custos de produção

Com o novo método de produção, o carro não é mais um objeto único, mas um 'quebra-cabeça' de componentes acabados integrados

É assim que a Tesla revisa a eficiência de seus métodos de produçãoÉ assim que a Tesla revisa a eficiência de seus métodos de produção

A Tesla disse alto e claro durante o Dia do Investidor 2023: temos que fabricar carros elétricos que custem US$ 25.000. O plano que levará a empresa americana a fazer um carro verdadeiramente acessível (o Model 2) tem tudo a ver com a busca incessante de maior eficiência. Eficiência é a palavra de ordem para cada processo de produção de cada um dos modelos que a Tesla produzirá no futuro.

Repensando do zero as operações necessárias para chegar ao carro acabado, Elon Musk está confiante de que um corte de 50% nos custos será alcançado. Mas para isso, uma empresa multinacional como a Tesla terá que trabalhar como uma startup, de forma ágil e com uma abertura para soluções inovadoras que os grandes fabricantes normalmente não têm ou não são capazes de aplicar rapidamente.

Carro dividido em peças individuais

A primeira coisa que Tesla fará para aumentar a eficiência e ao mesmo tempo os níveis de produção será repensar o carro não como um único objeto, mas como um conjunto de várias peças que podem ser construídas individualmente e depois montadas.

Esta abordagem tem duas vantagens. A primeira é que várias pessoas podem trabalhar simultaneamente na construção de um veículo. A segunda é que, devido a um alto grau de padronização, certos componentes podem então ser usados em diferentes modelos. Somente com isto, a Tesla acredita que poderá ter 44% mais pessoas ou robôs trabalhando simultaneamente em um veículo, economizando 30% de tempo.

A Tesla também trabalhará com linhas paralelas. Por exemplo, realizando todas as operações relacionadas com a carroceria e, ao mesmo tempo, montando a própria carroceria. Entre as inovações estará a pintura dos painéis externos individuais, que serão montados junto com o restante já feito e acabado, com os componentes interiores, estofados e acabamentos já no lugar. Esta abordagem já é utilizada em grande escala no Cybertruck, mas será mais desenvolvida no futuro.

Menos custos, mais confiabilidade

Todas essas operações apresentadas no Tesla Investor Day 2023 também serão implementadas para melhorar a qualidade. Com cada vez mais Teslas sendo vendidos, ter problemas de confiabilidade será um custo enorme para a empresa, que, ao invés disso, trabalhando com os novos métodos, deverá ser capaz de controlar melhor a precisão dos processos.

Deste ponto de vista, o Cybertruck introduz uma função que ainda é inédita no segmento automotivo. De fato, assim que recebe o computador de informação e entretenimento, cada unidade da picape elétrica é capaz de executar um sistema de diagnóstico que informa se os componentes que estão sendo montados têm algum defeito.

Gigafábricas menores e mais numerosas 

Esta forma de fazer carros pela Tesla não só reduzirá os custos de produção em 50%, mas também reduzirá as emissões de poluentes em 40%. Não apenas isso. Métodos altamente padronizados e melhor aproveitamento do espaço também reduzirão o tamanho da Gigafactory, que no futuro será metade do tamanho da fábrica recém-construída em Austin. Isto, disse Tom Zhu, o novo chefe de produção global, 'nos permitirá criar mais Gigafábricas e ainda mais rápido'.

Já nos últimos anos, os progressos neste sentido têm sido notáveis. Desde que o Model 3 foi revelado, a fábrica que constrói os trens de força emite 50% menos CO2, é 75% menor e reduziu os custos de produção em 65%. Além disso, os trens de força também se tornaram 20% mais leves e utilizam 25% menos materiais críticos. No futuro, os motores Tesla não necessitarão de terras raras de uma forma geral.

A mesma coisa acontecerá com as gigafábricas dedicadas às baterias. As células cilíndricas usadas até agora, 2170, consistem em 17 peças e requerem 33 operações para serem construídas. As células 4680 consistem em 16 partes (no futuro 15) e são feitas em 23 operações (no futuro 21), com vantagens óbvias.

20bet Mapa do site