Honda e LG Energy Solution anunciaram uma Gigafactory em Ohio: ela será construída cerca de 60 km ao sul da cidade de Columbus. As duas empresas disseram que a nova fábrica de baterias será construída por meio de uma joint venture com um investimento de US$ 4,4 bilhões.

Ambas as empresas já haviam anunciado a operação em agosto, mas sem dar detalhes sobre a localização e capacidade da fábrica. Agora, no entanto, eles divulgaram mais informações sobre isso.

Estação de carregamento LG

Mais de 2.000 empregos

A empresa japonesa e a fabricante sul-coreana de baterias também disseram que para iniciar a produção uma soma igual a 3,5 bilhões de dólares terá que ser alocada, mas para chegar à capacidade total, outros 900 milhões serão necessários. No total, a Gigafactory em Ohio criará 2.200 empregos.

AHonda, separadamente, investirá mais US$ 700 milhões para atualizar outras instalações de produção que possui nos EUA para adaptá-las à produção de veículos elétricos. Entre essas três unidades dedicadas aos motores, incluindo Ohio, que graças à conversão para a mobilidade elétrica contratará outros 300 trabalhadores.

Começa em 2025

A construção da nova Gigafactory, que começará após a criação da joint-venture (atualmente sob aprovação regulatória), está prevista para começar no início de 2023 e terminar em 2024. A produção de baterias deve começar no ano seguinte, em 2025. A fábrica de Ohio atingirá volumes anuais de 40 GWh

A Honda, cujo compromisso nos Estados Unidos sobre o tema dos carros elétricos também passa pelo acordo com a General Motors, deve, em vez disso, começar a produzir modelos movidos a bateria em solo americano em 2026 e quer vender apenas carros de emissão zero na América do Norte até 2040.

Galeria: Honda e:N Series