Lembre-se desse nome: Lexus Electrified Sport. A Toyota e sua divisão de luxo anteciparam nesta semana uma série de veículos elétricos que serão lançados nos anos seguintes, com destaque para um hipercarro zero emissões com emblemaLexus. O cupê de alto desempenho surpreendeu pelo visual arrojado e esperamos que boa parte disso esteja na versão de produção.

Sim, o protótipo irá evoluir desta fase conceitual para chegar às ruas em algum momento no futuro. O hipercarro com seu capô imponentemente longo e faróis em forma de bumerangue tem um kit aerodinâmico proeminente e arcos de roda destacados que abrigam pneus bem largos. O teto suave faz com que o Electrified Sport pareça rápido mesmo parado, enquanto a traseira larga abriga lanternas interessantes que remetem ao Audi E-Tron GT.

Lexus Electrified Sport
Lexus electric sports car
Lexus electric sports car

Assim como os demais conceitos elétricos antecipados nesta semana, a Lexus ainda não está mostrando o interior do hipercarro. No entanto, temos algumas especificações técnicas para compartilhar. O sucessor espiritual do LFA cobrirá a arrancada de 0 a 100 km/h abaixo dos 2 segundos, permitindo assim que a Lexus encare rivais como o Rimac Nevera e Tesla Model S Plaid.

Ele está sendo anunciado com uma autonomia máxima de mais de 700 quilômetros, embora nem a Toyota nem a Lexus esteja especificando em qual ciclo de testes este número se baseia. Curiosamente, o Electrified Sport de dois lugares será desenvolvido para acomodar baterias de estado sólido. No entanto, isso deve demorar um pouco, já que as duas montadoras japonesas já anunciaram priorizar híbridos em vez de veículos elétricos em termos de adoção de baterias de estado sólido.

Mencionar o LFA não é apenas especulação de nossa parte considerando o conteúdo do comunicado de imprensa da Toyota, bem como o CEO Honcho Akyo Toyoda, que mencionou a máquina V10 naturalmente aspirada: "A Lexus desenvolverá um carro elétrico esportivo de bateria de última geração que herda o gosto de condução, ou o molho secreto, do desempenho cultivado através do desenvolvimento da LFA."