ABYD marcou presença no Electric Experience, evento realizado no interior de São Paulo com apoio de diversos parceiros e do w.ckbet6 para promover a mobilidade elétrica no país. A marca chinesa realizou o lançamento do BYD Tan e também da sua nova estratégia para os carros elétricos de passeio no país.

Além de apresentar e dar início à pré-venda do SUV elétrico, a BYD abre uma nova fase de sua atuação no Brasil. A marca chinesa chegou ao país em 2012 e atualmente possui três fábricas em território nacional, uma dedicada à produção de painéis fotovoltaicos e outra de chassis de ônibus elétricos, ambas em Campinas (SP). Recentemente, foi inaugurada a terceira unidade, uma linha de montagem de baterias para ônibus e caminhões elétricos em Manaus (AM).

BYD Tan - lançamento

Produção nacional

Segundo Adalberto Maluf, diretor de marketing e sustentabilidade da BYD do Brasil, a empresa dará sequência aos lançamentos de veículos elétricos e híbridos no país a partir de 2022. Mas o executivo destaca que tudo ocorrerá de forma gradual e avaliando a receptividade do mercado. Por fim, caso as vendas atinjam os níveis esperados, a produção nacional de carros elétricos e/ou híbridos estaria no radar, mas isso a partir de 2023.

Caso se concretize, a produção nacional deveria ocorrer preferencialmente na região de Campinas (SP), em local para a fábrica ainda a ser adquirido, considerando a boa localização, proximidade com as outras unidades da empresa e oferta de mão-de-obra qualificada.

BYD Han - Colombia (5) - traseira

Sedã elétrico

No evento, o modelo BYD Han estava exposto ao lado do BYD Tan. O sedã elétrico topo de gama da marca chinesa também será lançado por aqui, mas não agora. Segundo Maluf, "mais para o fim do primeiro semestre". O modelo conta com as tecnologias mais recentes da marca e ampla lista de itens de segurança, assistência ao motorista e tecnologia, além do alto desempenho com aceleração de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos.

BYD eT3 - furgão elétrico - bagagem

Veículos comerciais

A BYD aposta no aumento das vendas do furgão elétrico BYD eT3, que teve boa aceitação ao longo deste ano e poderia vender mais, a depender do aumento da oferta. Além disso, a marca apresentou no evento o primeiro ônibus elétrico rodoviário com chassis BYD e carroceria Marcopolo. 

Além disso, a marca chinesa atua em outras frentes e se destaca também com o aumento nas entregas dos caminhões elétricos BYD eT7 e BYD eT18, com PBT de 12 e 21 toneladas, respectivamente, e grandes lotes com entregas previstas para o primeiro trimestre de 2022.