AGM divulgou um comunicado convocando todos os proprietários do modelo Chevrolet Boltano2020 a entrar em contato com a rede de concessionárias para agendar imediatamente um ajuste de configuração do carro elétrico e futuramente a substituição da bateria de alta voltagem. 

O recall envolve 235 unidades do Chevrolet Bolt comercializadas no Brasil, com fabricação entre 14/06/2019 e 20/06/2020. 

Veículos envolvidos:

  • Marca e modelo do veículo: Chevrolet Bolt Modelo 2020
  • Chassis Nº: L4100194 a L4125710
  • Data inicial e final de fabricação: 14/Jun/2019 a 20/Jun/2020

O motivo do recall é uma possível falha nos módulos de bateria de alta voltagem do Chevrolet Bolt. Em casos de carregamento até a capacidade total da bateria, ou algo próximo disso, há risco de incêndio, com possibilidade de danos materiais, lesões físicas graves ou até mesmo fatais.

O serviço será realizado de forma gratuita em duas fases:

  • a primeira consiste em um ajuste de configuração, limitando a possibilidade de carga de bateria a 90% de sua capacidade (tempo estimado: até 30 minutos)
  • a segunda, a ser realizada futuramente, consiste na troca da bateria de alta voltagem

A GM orienta os proprietários de modelos Chevrolet Bolt no Brasil a entrar em contato imediatamente com a  Central de Relacionamento Chevrolet 0800-702-4200 ou pelo site www.chevrolet.com.br para conferir se o veículo está envolvido no recall e nestes mesmos canais para agendar o reparo, caso seja necessário.

Uma questão global, as baterias de alta tensão do Chevrolet Bolt que apresentam o problema de risco de incêndio são fornecidas pela LG Chem. Por conta disso, a GM suspendeu a produção do Bolt 2022 nos Estados Unidos até que a fornecedora sul-coreana garanta a produção do componente sem defeitos. 

Siga o 658bet no Twitter

Siga o 658bet no Facebook

Siga o 658bet no Instagram

Galeria: Chevrolet Bolt - Testado no Brasil