Na semana passada, a Stellantis anunciou seus resultados financeiros para o primeiro semestre de 2021 e aproveitou a ocasião para divulgar mais detalhes sobre seus futuros lançamentos de veículos eletrificados.

O calendário de lançamentos de curto prazo divulgado pelo CEO Carlos Tavares inclui 21 modelos eletrificados que chegarão ao mercado nos próximos 24 meses. Entre eles, um veículo híbrido plug-in Dodge com lançamento previsto para 2022.

Nenhum detalhe adicional foi fornecido sobre o primeiro carro híbrido plug-in de produção da Dodge, abrindo espaço para especulações. Enquanto o Durango parecia o candidato mais óbvio para eletrificação na linha atual da marca, existe a possibilidade de a Stellantis estar falando sobre um veículo completamente novo.

Galeria: Alfa Romeo Tonale

Ele seria o SUV compacto Dodge Hornet 2023, de acordo com uma matéria do Mopar Insiders citando fontes não identificadas. Semelhante em tamanho ao atual Jeep Compass, acredita-se que o Hornet seja baseado no próximo Alfa Romeo Tonale. Além disso, será construído ao lado do Tonale na fábrica Pomigliano D'Arco, em Nápoles, Itália.

Internamente conhecido pelo codinome "GG" ou '5920", o especulado Dodge Hornet atuará como uma espécie de substituto para o envelhecido Dodge Journey, embora ofereça apenas duas fileiras de assentos em vez de três.

De acordo com as mesmas fontes, o Hornet poderia contar com o mesmo sistema de propulsão híbrido plug-in do Wrangler 4xe, que consiste em um 2.0 turbo de 270 cv, um motor elétrico de 134 cv e uma bateria de 17 kWh. Além da variante PHEV, espera-se que o Hornet receba motores turbo 2.0 litros e turbo híbridos leves de 1.5 litro, embora nada esteja confirmado no momento. A capacidade de tração nas quatro rodas também é mencionada.

A matéria também afirma que o Dodge Hornet terá início de produção em meados de 2022 e chegará às concessionárias no outono (primavera no hemisfério sul) de 2022 como um modelo linha 2023.

Vale lembrar que a FCA efetuou o registro em março de 2020 para os nomes “Hornet” e “Dodge Hornet” no Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos. Uma vez que a montadora também se inscreveu para as mesmas marcas no Canadá e no México, está claro que o Hornet estará disponível na América do Norte. A Dodge já usou o nome Hornet anteriormente, embora em um conceito de crossover subcompacto revelado em 2006 que não se materializou em um modelo de produção.

Siga o aposta10 no Twitter

Siga o aposta10 no Facebook

Siga o aposta10 no Instagram