O movimento de transição energética no segmento duas rodas ainda ocorre de forma mais lenta que nos automóveis, à exceção de países como Índia e China. Nesses mercados, cada vez mais novidades interessantes são lançadas e a mais recente delas é o scooter elétrico Honda U-GO, que se destaca pela concepção simples e moderna e preço acessível.

O mais novo scooter elétrico da marca japonesa está sendo lançado no mercado chinês pela sua divisão local, a Wuyang-Honda, como uma ampliação do portfólio duas rodas composto por modelos projetados para uso urbano e de baixo custo.

Galeria: Honda U-GO - scooter elétrico

Disponível em diferentes configurações de potência e velocidade, o Honda U-GO pode ser equipado com um motor elétrico de 1,2 kW ou 1,8 kW de potência de pico que permite velocidade máxima de 43 km/h ou 53 km/h, respectivamente. 

As duas versões de potência são equipadas com uma bateria removível de íon de lítio de 48V e 30Ah com 1,44 kWh de capacidade. Uma bateria com o dobro de capacidade é oferecida como opcional e oferece autonomia de 130 km. 

O design do Honda U-GO é atraente, mas sua concepção é bastante simples, o que fica evidente em elementos como a tela LCD de aparência espartana, embora o scooter elétrico seja bastante prático ao oferecer 26 litros de capacidade de armazenamento e, por fim, um preço que gira em torno da metade do valor cobrado pelas scooters mais sofisticadas na China: 7.499 RMB, ou R$ 6.040 em uma conversão direta.

Os vizinhos Índia e China são responsáveis por grande parte dos lançamentos de motos e scooter elétricos atualmente, em parte motivado pela adoção em massa desse tipo de veículo e também pelos incentivos governamentais. E no Brasil? Com esse preço e proposta seria uma boa opção para o nosso mercado?

Siga o betfair no Twitter

Siga o betfair no Facebook

Siga o betfair no Instagram